Improbidade Administrativa mais perto que pensamos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Improbidade Administrativa mais perto que pensamos

Mensagem por moisés weingartner em Sab Abr 29, 2017 4:12 pm

Cool Tema bastante intrigante e que deve ser levantado em todos os momentos e oportunidades, é gíria popular que "política não se discute" engano, não só deve ser como deva ser aprimorada a temática em torno do assunto, e acredito que a juventude deva ser instigada a vivenciar o meio, entender os porquês disso ou daquilo na vida de cada um e na vida da sociedade, quando falo em vivenciar política não digo aquela dos partidos políticos, o que não deixa de ser uma forma, mas a vivenciar de forma efetiva, como por exemplo saber que fora dos portões de nossas casas existe uma cidade, é nela que vivemos, se de forma agradável ou não, é aí que entra o discutir e fazer a política, a política em se ter hospitais, escolas, lazer, uma cidade limpa em que possamos nos sentir bem. Se a maioria começar ao menos a se questionar para que existe uma câmara de vereadores, que é lá que são fabricadas as leis que irão oportunizar bem estar social. Todavia elegemos sem maiores questionamentos pessoas que não tem a menor capacidade, ou pior, capacidade em focar apenas em interesses próprios ou de pequenos grupos, aí vem aquela outra gíria popular "político é tudo igual mesmo", mentira, há sim os diferenciados, infelizmente são a raridade, mas tem os poucos que se incomodam e trabalham em oportunizar uma expectativa de vida melhor para a população. Enfim, quando elegemos qualquer um, um imbecil qualquer para administrar ou fiscalizar e criar leis, este imbecil estará recebendo por mês para o porte de uma cidade como Tijucas, um salário de talvez R$ 5.000,00 e mais as suas regalias, que sempre existe, para trabalhar de duas a quatro horas por semana, empregão né, não é a toa que é tão concorrido, aí está para mim um exemplo de improbidade administrativa, quando carecemos de tantos serviços com qualidade, improbidade amparado em lei é claro, no meu ver mai um "modus operandi" tão usado no linguajar penal, e se fosse só o desperdício do salário, quando no mais ainda ficamos sabendo de desvios etc. etc etc.

moisés weingartner

Mensagens : 2
Data de inscrição : 29/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum